A qualidade da água é um dos pilares mais importantes da piscicultura (refere-se ao cultivo de peixes principalmente de água doce). Termos peixes selecionados e que habitam águas bem tratadas impacta e beneficia diretamente na saúde de nossos consumidores. 

Nós da Luízes, nos importamos com sua saúde e é por isso que nossa pasta é feita com trutas frescas, de trutários inspecionados, de águas límpidas e frias dos rios da Serra da Mantiqueira, no interior do estado do Rio de Janeiro. 

Por se desenvolver no ambiente aquático, a piscicultura é considerada uma das atividades produtivas de maior complexidade nas interações entre os meios físicos, químicos, biológicos e climáticos; 

A qualidade da água no cultivo deve ser monitorada o tempo todo, pois é na água que todas as características que agem individualmente e positivamente como: vitaminas, proteínas e sais minerais, podem deixar de agir.  

A temperatura da água é um dos fatores mais importantes nos fenômenos existentes em um viveiro. Todas as atividades fisiológicas dos peixes (respiração, digestão, reprodução, alimentação) estão profundamente ligadas à temperatura da água. 

Cada espécie tem uma temperatura na qual melhor se adapta e se desenvolve, sendo essa temperatura chamada de temperatura ótima. A truta é um peixe da família dos salmonídeos, originária e habitada em águas frias de rios e riachos. Os limites essenciais para a criação da truta são 9 a 20ºC sendo 15ºC a temperatura onde a truta apresenta a sua melhor versão. Já a temperatura ideal para seu crescimento está na faixa dos 13 aos 17º C. Temperaturas acima dessa faixa condicionam a proliferação de bactérias.

FATORES IMPORTANTES E QUE DEVEM ESTAR SOB OBSERVAÇÃO:

OXIGÊNIO: Considerado o fator essencial, deve ser medido diariamente, a variável no controle da qualidade de água do cultivo e é medida em miligrama por litro (mg/L). Sua concentração na água varia em decorrência de processos físicos, químicos e biológicos ao longo do dia. As principais formas de obtenção de oxigênio na água são através da incorporação de ar atmosférico e pela fotossíntese do fitoplâncton. Na presença de luz, o oxigênio é produzido por fotossíntese e a noite o processo inverso ocorre devido ao consumo do oxigênio acarretado pela respiração dos animais e demais organismos existentes.

TEMPERATURA: Responsável por todas as atividades fisiológicas dos animais, como a respiração, metabolismo, alimentação, a temperatura é um dos mais importantes fatores a serem monitorados em um sistema de produção e deve ser feito diariamente, de preferência duas vezes ao dia. A faixa ideal de temperatura em uma piscicultura tropical é entre 26-30°C. Recomenda-se mensurações regulares em diversas profundidades e à sombra, já que as temperaturas mais superficiais tendem a serem maiores. Esse equilíbrio permite tomar decisões sobre a alimentação dos peixes, já que em períodos de menores temperaturas é imprescindível que se diminua as quantidades de alimento. Esse equilíbrio pode ser realizado com o auxílio de termômetros. – 

TRANSPARÊNCIA: Dada pela profundidade em que a luz solar penetra na coluna d’água, deve ser monitorado semanalmente. O raio solar é fundamental e a principal fonte energética para todos os seres vivos, principalmente para as plantas clorofiladas. Essas plantas necessitam dessa luz para realizar a fotossíntese e, assim produzir oxigênio. Caso essa transparência esteja diminuída, os raios solares não penetram o suficiente na coluna d’água, não fornecendo energia e condições essenciais ao desenvolvimento de fitoplânctons responsáveis diretamente pela produção de oxigênio do meio de cultivo. 

AMÔNIA: Produto da excreção dos peixes, decomposição da matéria orgânica, sobras de ração, entre outros, a amônia é outra variável muito importante na piscicultura. Seu excesso pode ser letal para os animais, justificando a necessidade de seu controle semanal. O valor ideal para amônia gasosa é abaixo de 0,1mg/L e seu cálculo é feito através de kits comerciais. Esses são os principais parâmetros a serem monitorados em um sistema de produção e para desenvolver esse setor produtivo é fundamental a assistência de profissionais capacitados.

Vem acompanhar nosso Blog de Dicas! Você já conhece nossos produtos? Tem uma dica em especial que quer saber? Vem contar pra gente!!

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.